sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

Moto Z Play – o campeão em autonomia de bateria e versatilidade

Recentemente testei o modelo de topo da geração Moto Z e contei isso no texto “Moto Z Snaps smartphone premium – a concretização de uma boa ideia!”. O Moto Z Play tem exatamente o mesmo DNA  de seu irmão um pouco mais luxuoso. Seu design é muito parecido, embora um pouco mais grosso por causa da bateria maior. Tem o mesmo conceito de “snaps”, os acessórios que são encaixados magneticamente no smartphone. Dessa vez eu recebi para testes o snap com a câmera Hasselblad, um show de recursos da qual falarei mais para a frente neste texto. Outros snaps eu avaliei no teste anterior do Moto Z já citado (bateria, caixa de som e o incrível projetor).


figura 01 - Moto Z Play

Apesar de haver outras diferenças entre o Play e seu irmão maior, como o processador Smartdragon 625 (Play) contra o Smartdagon 820, 3 GB de memória do Play contra 4 GB, uma câmera com um pouquinho menos de sensibilidade à luz (f/2.0 do Play contra f/1.8), no final do teste percebi ambos como igualmente capazes para as tarefas e atividades do dia a dia.  Seria algo como ter que escolher se para o seu passeio de domingo você quer ir com um carro de 150 HP ou com um de 220 HP. Ambos servem muito bem, salvo seu passeio seja em um autódromo, uma situação especial de uso.

Por isso, pelas semelhanças “genéticas” e adequação ao tipo de uso que se espera de um smartphone, vou concentrar este texto nas duas grandes diferenças entre eles que é a bateria e a câmera. Então são três diferenças porque com o snap da Hasselblad temos duas câmeras para falar a respeito. Embora com a ressalva que o Moto Z tem “motor de 220 HP” enquanto o Z Play tem “motor de 150 HP”, ambos têm usabilidade muito semelhante, para não dizer igual. O que é muito bom, pois quem tem um orçamento um pouco mais contido vai ter uma experiência de uso muito parecida nos dois casos. Salvo o peso e espessura que são um pouco maiores no Moto Z Play em relação ao seu irmão maior. Vamos então mostrar as caraterísticas gerais do Z Play.

figura 02 – autonomia da bateria usando o aplicativo Waze


 figura 03 – Moto Z Play como snap de capa (vermelha)



Veja a seguir a análise detalhada da autonomia da bateria e da câmera fotográfica
 


Autonomiada bateria a melhor dentre todos smartphones que testei!


A câmera fotográfica do Moto Z Play e câmera do snap Hasselblad True Zoom




Conclusão

A despeito das diferenças de hardware existentes entre o Moto Z e o Moto Z Play, a diferença na usabilidade é pequena, se é que existe. Diferença mesmo é o peso do Moto Z Play que é maior, mas mesmo assim de uso bastante agradável. O peso extra é fundamentalmente devido à bateria que é maior, muito maior. E isso faz uma grande diferença.

A Lenovo/Moto em seu material de divulgação fala em duração de bateria de 45 horas. Isso não se confirmou em meu teste. Mas a autonomia da bateria do Moto Z Play é a maior dentre todos os smartphones que eu testei, um verdadeiro recorde a espera de que outro smartphone venha quebrar. Até meu teste anterior era do Asus Zenfone 3 este recorde. Em meu regime de uso comum obtive quase 22 horas de duração da bateria, uma verdadeira tranquilidade, afastando o usuário das tomadas definitivamente ao longo do dia todo. Ainda assim sua bateria é carregada completamente em pouco mais que uma hora e 15 minutos. E uma carga de 20 minutos traz para o Moto Z Play autonomia adicional de quase 6 horas segundo o minha avaliação.

Sua câmera fotográfica é muito boa, tanto na sensibilidade como no registro das cores, fidelidade e precisão. É capaz de boas fotos com baixa iluminação, mas o Moto Z é um pouco melhor por sua lente com abertura f/1.8. O snap Hasselblad True Zoom é ótimo, indicado principalmente para quem no dia a dia necessita mesmo de aproximações intensas sem perda de qualidade e que precisem editar as fotos no formato nativo (RAW) das imagens (sem perdas por compressão).

O Moto Z Play, mercadologicamente rivaliza com o Asus Zenfone 3 diretamente, casualmente o último review que publiquei. Ambos têm ótimas qualidade. O snap é um diferencial. Quem prefere uma interface mais simples (Android puro), também tem no Moto Z Play sua escolha. Mas definitivamente a duração da bateria é para mim sua melhor qualidade. Quem quiser um pouco mais de estilo, leveza e câmera melhor, opte pelo Moto Z. Mas quem quiser uma opção mais em conta o Moto Z Play é uma opção muito boa também. O Moto Z Play tem preço sugerido de R$ 2.199, mas pode ser encontrado no varejo por R$ 1.799 à vista ou R$ R$ 1.999 parcelado.



figura 25 – Moto Z Play (clique para ampliar)


figura 26 – Moto Z Play (clique para ampliar)




Moto Z Play – o campeão em autonomia de bateria e versatilidade
Moto Z Play – a melhor autonomia de bateria dentre todos smartphones
Moto Z Play - análise da câmera fotográfica e snap Hasselblad True Zoom

2 comentários:

  1. sou fã do seu trabalho! parabens p mais um excelente artigo. só uma pequena correção: "o Moto Z Play tem exatamente o mesmo DNS de seu irmão um pouco mais luxuoso", não seria DNA? []s livr3s,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muuuuuuito obrigado Leocadio por suas palavras encorajadoras! É DNA mesmo, errei, muito obrigado. Corrigido!! Abraços

      Excluir