quinta-feira, 3 de março de 2011

PCWARE FLAME X58 e Core i7 Extreme 980X uma dupla e tanto!!

Muito tem se falado nestes dias da nova geração de processadores e placas da Intel, a afamada geração SandyBridge. Eu mesmo recentemente testei um excelente conjunto (placa mais processador) desta nova geração. Mas é uma grande tolice pensar que a geração anterior perde sua graça ou o seu brilho. MUITO PELO CONTRÁRIO!! E não falo isso por causa do famigerado problema do chipset série 6 dos SandyBridge recentemente descoberto. Não. Falo pela qualidade técnica da solução ainda primorosa desta geração.

A DIGITRON me enviou para testes uma dupla “infernal” (no bom sentido, é claro). Placa mãe PCWARE FLAME X58 Extreme e o processador Intel Core i7 980X Extreme Edition. A propósito esta combinação é perfeita, pois esta placa tem como sua maior virtude para os entusiastas a possibilidade de fazer overclock com o Core i7 Extreme Edition. Não vou explorar este lado desta placa, pois deixo esta função para os especialistas desta nobre arte do overclock. Possivelmente eu não chegaria ao limite com esta dupla. Sendo assim vou explorar esta placa na sua forma “convencional” e não por isso de forma menos intensa. Castiguei a FLAME X58 e também a comparei com a geração Sandy Bridge. Mais detalhes abaixo.



A FLAME X58 trata-se de uma placa completa, com acabamento refinado. É direcionada para o público que tem grau de exigência diferenciado. Traz recursos só encontrados em placas “high end”, soluções avançadas do tipo : capacitores sólidos (maior durabilidade), sistemas de refrigeração das placa e do chipset super dimensionados, botões na própria placa para ligá-la (não precisa ficar descobrindo qual jumper usar para ligar a placa), botão de reset também onboard, bem como forma de ressetar configurações da BIOS (caso de overclock mal sucedido que exija voltar um passo atrás). Também dispõe de acesso à memória em TRIPLE CHANNEL, a forma mais eficiente para o processador recuperar os dados de forma ainda mais rápida. Por fim não poderia deixar de existir na FLAME X58 suporte a CROSSFIRE e SLI com duas conexões PCI-express.


Detalhe dos botões de ligar e reset na própria placa mãe


Especificações técnicas detalhadas
·         Chipset            : Northbridge: Intel® X58 Express, Southbridge: Intel® ICH10R
·         Bus do Sistema :Até 6.4GT/s
·         Formato / Dimensões : Formato ATX (305x269)mm
·         Suporte a processadores Intel® Core i7 e Core i7 Extreme soquete LGA1366
·         Memória : 3 soquetes (Suporta até 12GB de memória)
o   memória DDR3 Triple Channel 1066/1333/1600
o   Memória em overclock : OC*/1800 OC*/ 2000 OC*MHz
·         Slots de expansão
o   2 x slots PCIe x16 (2.0)
o   1 x slot PCIe x1 (2.0)
o   1 x slot PCIe x4 (2.0)
o   2x slots PCI (32-bits)
·         Rede Integrada Gigabit Realtek® RTL8111C DUAL (dois conectores)
·         Áudio Integrado de Alta Definição Realtek® ALC888 de 7.1 canais
·         Painel Traseiro
o   1 Porta PS/2 para teclado
o   1 porta SPDIF fibra ótica
o   2 portas eSATA II (SATA Externo)
o   8 portas USB 2.0
o   2 conectores RJ45
o   6 conectores de áudio


A FLAME X58 disponibiliza ao usuário velocidade de transferência dos dados de até 3Gb/s, por meio das 6 portas SATA II e a utilização de duas placas de vídeo simultaneamente possibilitando ao usuário desempenho extrair o máximo em programas com gráficos 3D.

Para suportar a demanda por mais potência e distribuição correta da carga em cada fase do circuito regulador, o modelo foi dimensionado com a utilização de capacitores sólidos e ferrite choke, além de uma solução térmica para resfriamento por meio de “heat pipes”. O heat pipe e os dissipadores fazem parte de um sistema de resfriamento entre os chipsets principais da motherboard e o circuito regulador de tensão. Sua construção interna é feita de tubo de cobre que contém internamente um líquido, que por meio do processo de evaporação e condensação, transferem calor de um ponto a outro, refrigerando os componentes críticos, o que torna o sistema muito mais confiável.

Para aplicações onde é exigida alta capacidade de gerenciamento de vídeo, o modelo possibilita a utilização de duas placas de vídeo simultaneamente, através da montagem em ATI Crossfire ou Nvidia SLI. Dispõe de rede integrada Intel de 10/100/1000 Mb/s e é compatível com os processadores Intel® LGA1366 Core i7 e Core i7 Extreme Edition. Um dos grandes diferenciais da FLAME é a possibilidade de overclocking do Corei7 versão Extreme Edition, tornando a placa uma excelente opção para o mercado de entusiastas, inclusive tendo sido usada por alguns especialistas em competições para quebra de recordes.






E OS TESTES??

Por mais cruel que pareça fiz a comparação “para cima”. Analisei esta placa comparando-a com a geração mais nova da INTEL, processador e chipset. CLARO que se esperariam resultados sensivelmente melhores da geração nova. Isso aconteceu, mas em alguns casos, alguns testes por uma margem não tão grande assim ou até muito próxima e casos nos quais a plataforma X58 foi mais rápida!!

DESEMPENHO DE VÍDEO : foram usados os programas 3DMARK03, 3DMARK VANTAGE E 3DMARK11. Não eram esperadas diferenças muito significativas uma vez que a placa de vídeo é o componente mais relevante neste teste e nos dois casos foi usada uma AMD RADEON 6950. Nestes testes números MAIORES indicam melhores resultados.







DVDSHRINK : clássico teste de compressão de vídeo, codificação de DVD. Neste teste, que usa apenas um núcleo do processador, a frequência maior do processador e TurboBoost mais aprimorado trouxe uma considerável vantagem para a nova plataforma. Em nenhum outro teste se repetiu vantagem assim tão pronunciada. Neste teste números MENORES indicam melhor resultado.




TESTES COMPOSTOS : foram usados os programas PASSMARK e PCMARK VANTAGE que analisam diversos aspectos do PC e criam índices combinados que refletem esta “cesta de avaliações”. O PACMARK VANTAGE tem um foco maior em operações de multimídia e por isso mesmo a plataforma mais nova saiu-se melhor. Mas no PASSMARK as diferenças são pequenas.





TESTES MATEMÁTICOS : foram usados os programas SIS SANDRA, SUPERPI e WPRIME. O Core i7 X980 da plataforma X58 por dispor de 6 núcleos sem hyperthreading foi mais eficiente que o Core i7 2600K Sandy Bridge que tem 4 núcleos com hyperthreading (8 filas de execução tarefas). Salvo no clássico teste SUPERPI que ainda usa apenas um dos núcleos do processador e isso acabou por transformar este teste em um embate de diferentes gerações do recurso TurboBoost do Core i7, com ganho para a plataforma Sandy Bridge. Nestes testes números MENORES indicam melhores resultados menos no SIS SANDRA que números maiores indicam melhor resultado.









CONCLUSÃO

A DIGITRON ao trazer para o Brasil a placa PCWARE FLAME X58 aproveitou-se muito bem de uma oportunidade de mercado. Seu lançamento no Brasil em meados de fevereiro de 2011, quando já havia sido lançada a plataforma Sandy Bridge pode parecer estranho. Mas esta placa extremamente sofisticada, de refinada engenharia e usada inclusive em campeonatos de overclock mundo afora ganhou nova vida no nosso país. Pois se antes tinha um preço que tornava seu mercado muito restrito, agora ainda não sendo uma placa barata, entrega uma qualidade excepcional para o mercado de “gamers” e entusiastas de forma mais acessível.

No meio do caminho a plataforma Sandy Bridge teve seu tropeço técnico, o problema de desempenho dos dispositivos SATA. Este caso já está em processo de solução, mas a X58 é robusta e bem testada. Os testes que fiz mostram que há pequenas diferenças em alguns segmentos, mas não tão longe assim como se poderia supor. Em casos isolados como codificação de vídeo a X58 ficou bem atrás da nova geração, mas em processamento matemático, usado muito em jogos, por exemplo,  ela brilha intensamente. O aspecto de desempenho do sistema de vídeo, como depende muito mais da placa do que do processador, os resultados configuram um empate técnico.

Desta forma eu destaco as virtudes técnicas da plataforma Sandy Bridge, a qual recentemente eu testei e publiquei um texto a respeito. Mas a plataforma incorporada na placa DIGITRON PCWARE FLAME X58 é robusta, estável e entrega um nível de desempenho diferenciado, por um preço interessante. Em busca informal pela Internet achei lojistas comercializando a placa por valores entre R$ 580 e R$ 640. O preço oficial sugerido pela DIGITRON é de R$ 600. Lembro ainda que a FLAME X58 é preparada para trabalhar em overclock, inclusive situações extremas, a ponto desta placa ter sido usada em competições de overclock mundo afora no ano passado pela sua robustez e qualidade de componentes.

É mais uma lição que se aprende, neste mundo tecnológico, onde tudo muda muito rápido. Não é porque surge uma nova plataforma que a anterior perde o seu brilho. Neste caso muito pelo contrário, pois o custo benefício da solução e a qualidade dos resultados que podem ser obtidos ainda valem muito a pena.


GALERIA DE IMAGENS











18 comentários:

  1. Parabéns mais uma vez Flávio...
    Eu montei mês passado a plataforma Sandy Bridge pra mim... Core i7 2600 + DP67BG + 8 GB Kingston X.M.P DDR3-1600 + GTX 570.
    PC tá voando baixo.....
    No F1 2010 eu jogava com 32 FPS...Agora : 70 !

    A CPU empurra bonito a VGA..
    Espero que esse conjunto dure uns 3~4 anos.
    Abraços !

    ResponderExcluir
  2. Oi Fábio, obrigado por também prestigiar este meu espaço, meu blog pessoal. Este assunto de VGA + Processador é mesmo delicado e já ouvi muitas opiniões a respeito. Mas o que mais conta são testemunhos como este seu. Obrigado! Abraços

    ResponderExcluir
  3. Vi seu artigo no ForumPCS e observei uma coisa a corrigir: Se a placa-mãe é soquete AM3, ela não suporta o Phenom e o Athlon original, pois esses não possuem a controladora DDR3 que é necessária nessa placa. As placas AM3 não aceitam processadores AM2. Apenas algumas AM2+ aceitam AM3, AM2+ e AM2.
    Saudações!

    ResponderExcluir
  4. caro xandó... esta mobo ela vem com waterblock para WC?

    ResponderExcluir
  5. Caro Marockosu eu já devolvi a placa e não me lembro de ter visto adaptação para WC.

    ResponderExcluir
  6. Flávio, ola td bem? Sempre que posso passo no Blog para acompanhar seus post's, recentemente compre uma Flame (Por ter lido este post o que despertou meu interesse na placa) e tive um problema não sei se vc tbm o teve, então lembrei deste post e decidi voltar aqui...

    montei a placa com um Intel Core i7-930, PV 1G GDDR3, 4G Mem, 3 HD's SATA (80, 500 e 1000GB), fonte 750W real. Quando ligo o PC aparece a seguinte msgm:

    "AHCI Opition ROM BIOS Revision: 01.06.70 Date: 08-13-2008 Copyright (c) 2006-2008 Phoenix Technologies, LTD

    AHCI BIOS not installed!!


    CMOS checksum error - defaults loaded"

    Daí então, se eu apertar 'F1' o pc reinicia e para de gerar video, se apertar 'DEL' entra no setup, posso alterá-lo a vontade, mas, quando saio e salvo, reinicia e deixa de gerar video.
    Não dá boot, não faz nada além das 2 opções acima...

    Quando vc testou esta placa precisou alterar algo no Setup para seu funcinamento correto? Sei q eu Blog não é um forúm, mas, ja não sei o q fazer, procurei em forúm e não encontrei nada... Talvez por que a placa ainda é recente... Obrigado.

    ResponderExcluir
  7. Caro Flavio Xandó. Belo artigo.

    Apenas tenho um relato de algo que aconteceu comigo em relação a esta placa.

    Montei uma maquina nova com esta placa (Intel Core i7-950, PV minha velha Nvidia 9400GT, 6GB Mem, 3 HD's [160GB IDE, 320GB Sata, 1TB Sata], Fonte real OCZ 750). Ao acabar de montar e ligar a maquina para minha surpresa ela não dava sinal de vídeo. A minha 9400GT está boa, procurei ver se tinha errado na montagem de alguma coisa, más tudo OK. Cai matando na internet a procura de solução, observei que no display da PM aparecia o código "A1". Após várias buscas encontrei a sequencia de boot da X58, "A1" é um comando reservado que antecede o "2b" que é a chamada do VGA na BIOS, ou seja, ela não chegava nem a acabar de rodar as sequencias normais das chamadas do BOOT, paralisava ao tentar identificar a placa de vídeo. Ví isso tambem ocorrer com o Paulo no vídeo que ele postou no Youtube. Encontrei um forum onde uma pessoa sugeria a reset do CMOS e quando religar a máquina entrar no SETUP e escolher a opção "load optimized defaults" e isso deveria solucionar o meu problema. Realmente resolveu.

    Ufa, agora mesmo to testando a máquina e por enquanto ta OK, espero não ter novas surpresas.

    E Paulo, tenta essa solução tambem, a vesão da minha BIOS é de 11/11/2010.

    Boa sorte paulo.

    ResponderExcluir
  8. Caro Marcelo, o seu caso é ao mesmo tempo intessante e intrigante. Ter precisado fazer esta "cirurgia" na placa (ressetar CMOS e carregar a BIOS com valores default) não deveria ser necessário. Em todo caso o fato de você te descoberto a causa e compartilhado a solução é fantástico pois se outros usuários tiverem problema parecido poderão se espelhar no que você fez para corrigir. Obrigado.

    ResponderExcluir
  9. Caro Paulo Ricardo pelo que descreveu tudo indica que sua placa veio com alguma anomalia, um defeito de fabricação. Não consigo enxergar outra possibilidade. Você concorda comigo que é totalmente átipico o comportamento?? Exerça seu SAGRADO DIREITO à garantia!!

    ResponderExcluir
  10. Paulo Ricardo, tive o mesmo problema de dar essa mensagem de CMOS CHECKSUM ERROR.
    A solução é muito simples e difícil de encontrar.
    Veja o video abaixo do cara solucionando:
    http://www.youtube.com/watch?v=59sY7LCor0U

    Se caso o video der problema, a solução é só ir no setup e selecionar a opção LOAD OPTIMIZED DEFAULTS.
    Se caso sua placa não estiver dando imagem, reseta a bios dela que ele volta a dar imagem.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  11. olá senhor xandó, eu tenho essa placa mãe ai, estou com um problema na parte onde configurar o hd IDE, AHCI. meu hd é sata III wertern digital 64 de cache ai quando coloco AHCi e lá embaixo tem jmicon 363 Pata and Sata ide mode, só ide, AHCI + IDE mode, ai coloquei para AHCI + IDE mode e em cima AHCI, ai fica dando pau no meu computador eu formatei ele com AHCI e em Baixo com AHCI + ide mode, acontece que meu HD está fazendo um barulho estranho com estivesse com bad block, mais nao está porque fiz o teste do hd, e fica resetando minha máquina de vez enquando e aparece tela azul como se a memória estivesse ruim, mais já fiz o teste da memória e está tudo ok. Gostaria de saber porque está acontecendo isso justamente porque eu troquei de ide para AHCI, me disseram tb que melhora a performace da máquina colocando AHCI, mais aqui nao está dando certo, gostaria de solução para meu problema, e tb tem uma parte lá turbo memory suporte que dar velocidade no HD, posso usar isso?

    ResponderExcluir
  12. Caro Alan, seu problema é razoavelmente complexo e de difícil diagnóstico à distância. Posso te falar que nos meus testes usei a configuração em AHCI e não tive problema algum. Eu sugiro que para tirar de vez a dúvida faça um teste com outro HD. Se der o mesmo problema fica evidente que é um problema da placa mãe e neste caso você pode fazer o reparo em garantia com a Gigabyte no Brasil. Abraços

    ResponderExcluir
  13. Olá amigo, você consegui por memoria acima de 1000mhz nesta placa mãe ? tenho uma dessa e uma memoria trident de 2000mhz, não consigo por a memoria a 2000mhz sendo que normal dela seria funciona em 2000mhz, só consigo por apenas a 1000mhz.... Sera que é incompatibilidade da placa com memoria ? Se puder me ajudar agradeço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro M-a7x não testei neste cenário. Fico chateado por não poder ajudar mais... Abs

      Excluir
  14. Resumindo Produto Bomba é o que a Digitron sempre fez e vai fazer.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paulo eu não concordo, mas respeito sua opinião e seu direito de externá-la. Apenas penso que você poderia ser mais claro nas suas justificativas. Abraços

      Excluir
  15. Olá, bom dia. Tenho uma placa dessa e estava funcionando perfeitamente e parou de repente
    De dar vídeo apagando tbm aqueles bloquinhos numéricos. Q pode ter sido?

    ResponderExcluir
  16. o mano me ajudem aquele triangulo com um ponto de exclamação se quando o pc estiver ligado ele estiver vermelho significa oque ?

    ResponderExcluir