terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Turbinando seu notebook com Seagate Momentus XT (HD + SSD)

Sou muito chato com meu notebook. É minha ferramenta essencial de trabalho. Era um Lenovo T400, Core 2 Duo  P8400 (2.27 Ghz), 4 Gb RAM DDR3. Comprei com um disco de 160 Gb 5400 rpm. Logo troquei por um HD Samsung  500 Gb 5400 rpm para ter mais espaço. Um belo dia comprei um “case” para HD de notebook e junto um maravilhoso Seagate Momentus de 500 Gb 7200 rpm. O Samsung virou HD externo e o 7200 foi para o notebook, claro! Por fim o último upgrade desta máquina foi 2 módulos de memória de 4 Gb DDR3 levando o valente Lenovo T400 a 8 Gb de memória.  Como disse um amigo meu, este notebook ficou “nervoso”!! Ágil e super apropriado para a minha demanda no dia a dia de trabalho com dezenas e janelas abertas, entre elas algumas máquinas virtuais.

Senti uma grande diferença quando passei do HD Samsung 5400 rpm para o Seagate Momentus de 7200 rpm. Fez-se notar a melhoria no tempo de carga de programas. Tempo para carregar o Windows, bem como meus arquivos grandes como imagens e principalmente ativação de máquinas virtuais VMware ou VirtualPC.

Teste de desempenho (HDTUNE) do HD Samsung 5400 rpm


Teste de desempenho (HDTUNE) do HD Seagate Momentus 7200 rpm

Olhando as imagens acima logo se percebe a grande evolução de um HD para o outro. Enquanto o Samsung 5400 rpm consegue transferir perto de 50 Mb/s o Seagate Momentus transfere quase 79 Mb/s (taxas médias). Por isso que a diferença foi claramente percebida. Também não se deve desprezar a diferença no tempo de acesso de 16 ms para 19 ms, que reflete quanto demora na média para um setor do disco ser localizado e acessado para depois começar a transferir os dados.

Apresentando o Seagate Momentus XT

Há algumas semanas tive a oportunidade de agendar com a Seagate um teste com o mais avançado disco para notebooks deste fabricante. Trata-se do Momentus XT que compartilha algumas características com seu quase homônimo Momentus, disco que já tinha em meu notebook. Ambos têm 500 Gb de espaço e operam a 7200 rpm. Mas acabam por aí as diferenças. O Momentus XT tem cache de 32 Mb enquanto o Momentus tem cache de 16 Mb. Lembro que discos “normais” para notebooks têm rotação de 5400 rpm e cache de no máximo de 8 Mb. Mas a grande melhoria do XT é incorporar um SSD de 4 Gb que “se mistura” com o HD, funcionando de forma inteligente.


O algoritmo inteligente do Seagate Momentus XT se propõe a mover dinamicamente o conteúdo mais acessado para a área “nobre” do HD, a porção SSD, de tal forma que os arquivos mais usados estejam na parte mais rápida do disco. E faz isso dinamicamente. Convém explicar e destacar que o disco é enxergado pelo sistema operacional como um disco único de 500 Gb, o SSD fica “escondido nos bastidores”. O firmware do disco que faz toda a magia de administrar o desempenho, mover arquivos ou setores, etc.

Isso tudo eu li antes de por as mãos neste disco. Será que funciona?? Será que traz mesmo algum benefício ou seria apenas um artifício de marketing para cobrar mais caro por um disco mais avançado, mas não tanto?? Será que com o meu notebook “nervoso” como diz meu amigo eu teria algum benefício ao usar este disco?? Afinal ele já dispunha de um belo e avançado disco de 7200 rpm. As respostas vieram em pouco tempo. Estou perto de uma semana fazendo testes e já tenho minha opinião final formada.

Retirei o disco original do notebook. Instalei-o em um PC Desktop e usando o programa Norton GHOST fiz uma imagem completa do Momentus 7200 rpm para um HD do Desktop. Depois troquei o Momentus pelo Momentus XT e sobregravei a imagem do HD do desktop no disco novo.

Poderia te feito uma operação direta, mas morri de medo. Cheguei a instalar os 2 discos no PC Desktop para copiar direto de um disco para o outro. Mas olhando na tela do GHOST não tinha como ter certeza qual disco era qual. Imagina se eu fizesse uma imagem de um disco “vazio” sobre todos os meus valiosos dados!!??! Pois é... eu já fiz isso uma vez e por isso mesmo preferi gastar 2 horas para criar uma imagem dos 300 Gb usados no Momentus e depois mais outras 2 horas para levar esta imagem para o Momentus XT (e para piorar a confusão o disco do PC Desktop também era de 500 Gb).

Antes de fazer esta “cirurgia” claro que eu me preocupei em fazer vários testes, diversas operações corriqueiras e habituais para poder comparar o desempenho entre “o antes e o depois”.

Primeiro o susto! Montado o Momentus XT no Lenovo o notebook não dava boot. Apelei para o DVD do Windows 7 e mandei reparar o boot do sistema. Ufa!! Deu certo. O primeiro boot foi mais lento que de costume. Estava mais lento. Que coisa!! Mas lá pelas tantas o Windows 7 começou a instalar um dispositivo novo (o Momentus XT) e mandou reiniciar o sistema. Será que iria melhorar?? Apertem seus cintos de segurança que já vou contar.

Testes objetivos com o Seagate Momentus XT


Teste de desempenho (HDTUNE) do HD Seagate Momentus XT 7200 rpm 

Pode ser visto claramente que o gráfico de tempo de transferência do XT é em tudo melhor que o Momentus “simples” e muito melhor que o Samsung 5400 rpm. Cabe explicar o porquê de um fenômeno presente em todos estes gráficos. Há “quedas bruscas” em certos pontos do disco. E se fizer os testes 10 vezes estes pontos de “queda” não serão os mesmos. Isso se deve ao fato do Windows estar sempre fazendo alguma coisa o tempo todo. Isso faz com que o HDTUNE perca alguns valiosos Mb/s naqueles momentos. Mas isso não compromete o teste uma vez que basta olhar os gráficos que as tendências são claramente identificadas. Curioso é o fato do HD Samsung ter sido mais afetado apresentando mais e maiores “barrigas” nos gráficos.

Ainda analisando o gráfico do HDTUNE, vejam que há em todos eles uma dispersão de pontos em vários locais do gráfico. Estes pontos refletem o tempo de acesso àquele setor do disco. No caso do Momentus XT há muitos pontos situados sobre o eixo “X” do gráfico indicando tempo de acesso quase zero!! Na verdade o tempo de acesso aferido foi de apenas 0.5 ms contra 16.2 ms do Momentus (e 19.2 ms do Samsung). Isso mostra que provavelmente o SSD estava cacheando o setor do disco que mapeia fisicamente os setores (no Windows 7 é chamado de MFT – Master File Table).

Como disse, antes de trocar os discos coletei dados em várias situações (7) para poder comparar as soluções. Já tinha os dados do Samsung 5400 rpm. Vejam abaixo os primeiros quatro testes em forma de tabela e gráfico. Mais explicações a seguir.




·         Tempo de Boot  : incrível mas o processo de boot do Windows não é determinístico. Tive que medir 8 vezes os tempos de boot e trabalhar com médias pois cada hora obtinha valores diferentes e estas diferenças não eram pequenas. Para determinar o “final do boot” ativei autologon no Windows e criei na pasta INICIAR um documento de WORD chamado ACABEI.DOC que ao ser exibido me fazia parar o cronômetro. Vale ressaltar que o tempo de boot de meu notebook é longo pela quantidade de programa e serviços atuando. Houve ganho de 25% em relação ao já bom Momentus 7200.
·         Carga do SQL Management Studio 2008 : é um programa pesado, gerenciador do SQL Server 2008 instalado no notebook. O ganho do Momentus XT foi expressivo!! Acredito que pelo grande ganho no tempo de acesso, pois este programa acessa dezenas de arquivos para ser carregado. Ganho de 224% em relação ao Momentus 7200.
·         Space Monger – mapear drive C: este é um programa que identifica todos os arquivos e cria um mapa gráfico com o espaço ocupado pelas pastas e arquivos. Provavelmente pelo fato da MFT estar cacheada no SSD o ganho foi ABSURDO, 580%!!
·         Consulta SQL Server 2008 : rodei uma query em uma base dados de CEP Brasil procurando por ruas com alguma palavra em qualquer lugar do nome. A mesma consulta nos dois casos. O Momentus XP foi 214% mais veloz que o Momentus 7200.

Seguem os últimos 3 testes aplicados nos diferentes HDs. Comentários na sequência.


·         Cópia de arquivo de 5 Gb  : um único arquivo de 5 Gb foi copiado da área de trabalho para uma pasta no mesmo disco. Houve ganho expressivo foi obtido em relação ao Momentus , 55%.
·         Propriedade drive C: : este teste é aquela prosaica operação de clicar sobre o drive C:, marcar todas as pastas, clicar com o botão direito e escolher a opção propriedades. Assim obtém-se a quantidade de arquivos e bytes gastos. É tão mais lento quanto o volume de arquivos. Neste caso 297 mil arquivos, 32 mil pastas e 310 Gb utilizados. O Momentus XT foi 291% mais rápido!!
·         Scan Antivírus pasta de 42 Gb : minha pasta pessoal de documentos, imagens, músicas, etc. foi vasculhada pelo programa antivírus. O Momentus XT foi 104% mais rápido.



 CONCLUSÕES

Sendo sincero, como eu já tinha um belo HD em meu notebook achei que o Momentus XT iria ser obviamente mais rápido, mas por uma margem modesta. Os testes feitos, embora não tenham compreendido todas as possibilidades, mostram o contrário.

Aparentemente ao cachear a MFT (Master File Table) o meu pesado e carregado Windows 7 Professional de 64 bits foi dramaticamente beneficiado. O menor ganho de todos foi no tempo de boot. Estimo que mais pela melhor taxa de transferência do disco e menos pelo aspecto SSD. Afinal aposto que o Windows acessa muito mais que 4 Gb ao fazer a sua carga.

No dia a dia, sem cronômetro  na mão a diferença também é percebida. Não é uma vantagem “acadêmica” ou estatística apenas. Só depois que já tinha trocado o disco que me ocorreram mais umas dez idéias de testes além dos que fiz. Já era tarde. Dava para eu segurar minha ansiedade em logo começar a testar esta pequena jóia no meu notebook?? Fico imaginando se apenas 4 Gb de SSD e um firmware esperto são capazes de fazer este “estrago”, imaginem quando a Seagate puder incluir 8, 16 ou 32 Gb de SSD em seus discos??!!! E quando tivermos um SSD “puro” capaz de ler 280 Mb/s e gravar algo perto disso...

Foi uma oportunidade única. Mas agora tenho dois problemas. Se meu amigo chamava meu notebook de “nervoso”, como ele irá chamá-lo agora?? E se por acaso alguém conhece uma cola mais forte que SuperBonder, avise-me pois a vontade que tenho é colar este HD no meu notebook de tal forma que nunca mais eu consiga tirá-lo de lá!!!!

PS: por solicitação dos leitores que fizeram comentários entrei em contato com o Seagate do Brasil que confirmou a disponibilidade do produto no varejo e pelo preço sugerido de R$ 380 para o HD de 320 Gb e R$ 500 para o modelo de 500 Gb.

PS: este texto de minha própria autoria foi originalmente publicado no site FORUMPCs - clique aqui para visualizar











23 comentários:

  1. Excelente o POST, é bom saber que existe inteligência no bom e velho HD. Pena que as memórias flash ainda custem tão mais caras em relação ao disco rígido mecânico, não fosse tão distante essa proporção bem que esse HD seria um excelente presente de Natal para o meu Itautec N8620... rs!
    Estou gostando de acompanhar os seus POSTs aqui no Blog, continue assim meu amigo.

    ResponderExcluir
  2. Obrigado Márcio, legal ter você aqui acompanhando. Isso é questão de tempo, acho que me menos de 5 anos os HDs principais das máquinas serão SSDs com os HDs secundários do tipo mecânico.

    ResponderExcluir
  3. Seu post não poderia ter vindo em hora melhor Flavio... Estou Pesquisando as vantagens desse HD Momentus XT... quero compra-lo para substituir o HD do meu MBP...
    Espero que os ganhos em performance sejam grandes tb no Mac... =)
    Parabéns pelo Ótimo Post!

    ResponderExcluir
  4. Caro Herbert obrigado por suas palavras!! E te conto uma coisa, quanto mais estou ficando com este HD no meu note (ainda estou com ele), menos vontade me dá de devolvê-lo!!!! É de fato SUPER BOM. Se você conseguir comprá-lo por um bom preço vai ver como ficará satisfeito!!

    ResponderExcluir
  5. Particularmente acho que nao compensa comprar um Momentus XT , melhor mesmo é comprar diretamente um SSD, comprei um OCZ Vertex 2 e não me arrependo, afinal é somente para o sistema operacional ficar ultra-rapido. Não comprei o SSD pra armazenamento pois para isso eu ja tenho 3 HDs com tamanho razoável. Inclusive aconselho até a comprar e colocar em notebook e usar um HD Externo pra armazenar os dados mais importantes. O meu eu uso no PC mesmo e só tive alegrias com ele heuaheuhuehuhe

    ResponderExcluir
  6. Caro Sting, acho que é uma escolha pessoal. Se cabe no orçamento um SSD "puro", ainda melhor. A solução da Seagate me pareceu uma ótima alternativa de custo benefício.

    ResponderExcluir
  7. Xandó acabei de adquirir essa perola , e realmente muito rapido, so q nos meus testes do benchmark aki da 5% de uso da cpu, sera pq?

    ResponderExcluir
  8. Oi Cláudio!!! O uso do HD não afeta ou afeta muito pouco o uso da CPU. O próprio Windows 7 fica "arrumando o que fazer" mesmo com a máquina ociosa. Assim você achar de repente 5% de uso de CPU não tem problema algum. Provavelmente é alguma otimização do Windows ou mesmo o "pre-fecth", um processo que o Windows pré carrega alguns arquivos e programas que ele "sabe" que você vai precisar.

    ResponderExcluir
  9. Muito obrigado Xandó!!!So estava meio em duvida pq n bios apresenta como hd sata1 mas se os testes mostram o resultado e esta funcionando como deveria tem pq criar caso...

    mais uma vez muito obrigado.

    ResponderExcluir
  10. Parei de ler quando chegou a parte "Lenovo T400".

    ResponderExcluir
  11. Caro Michel quero te entender. Você disse que parou de ler logo após chegar no "Lenovo T400". isso significa que você leu apenas até a terceira frase do texto. Porque você se ofendeu tanto com isso???

    Faz sentido publicar um comentário para um texto que reflete um teste super minucioso, trabalhoso e que traz um monte de informações que espero sejam relevantes para os leitores tendo lido menos que três frases?????

    ResponderExcluir
  12. Ta certo q o "Le Novo" queima um pouco o filme... rss. Mas como o Flavio manja muito de tecnologia, deve saber muito bem o q ele ta fazendo com ele! rss. Com certeza, assim como eu, o Michel deve ser leigo no assunto. E eu to aqui pra aprender! Achei mais engraçado o nome do super HD: Momentus... pq parece nome de motel ralé! kkk! Mas, claro, que isso em nada tem a ver com a idoneidade do HD, q parece ser realmente ótimo!

    ResponderExcluir
  13. OI JURADO! Acho que há um preconceito contra os LENOVO. E isso é uma idiotice. É um notebook corporativo (a linha Thinkpad que eu tenho), não é tão "transado" ou bonitinho como um HP, etc., mas é ÓTIMO!! Mau quem não sabe disso.
    O HD é uma FOGUETE, testado e comprovado por mim neste teste!!

    ResponderExcluir
  14. Creio que esse artigo está na contramão da enormidade de problemas surgidos com esse HD, com críticas mais que severas. Veja por si próprio, google por "Momentus XT problems"

    ResponderExcluir
  15. Caro Anônimo eu estou a par das notícias. Porém não julgo meu texto na CONTRA MÃO por um simples motivo. Fiquei com o disco cerca de 45 dias instaladp no meu notebook. Foi tudo PERFEITO e super rápido. Parece que não foram todas as séries. Assim me julgo obrigado a relatar a minha experiência... E foi apenas o que fiz.

    ResponderExcluir
  16. Marcello Santiago30 de abril de 2011 09:55

    Caro Flávio, parabéns pelo post e obrigado pelas horas de trabalho a nosso favor. Quanto ao HD, posso me juntar a vc e formarmos um coro. O Momentus XT transforma a vida de quem usa notebooks de forma impressionante. NUNCA fui fã de PCs portáteis, pois são miseravelmente mais lentos e limitados do que Desktops da mesma faixa de preço. Mas minha esposa tem um Lenovo G450 que eu, quando na sala, uso um pouco. O bichinho é leve e veio com 2Gb DDR3 + 250Gb HD 5400. Como estou acostumado com máquinas cujo desempenho fica acima de 7.4 (pela avaliação do W7 64), fui buscar um tempero pro Lenovo dela. Dobrei a memória e comprei o Momentus XT 500 Gb. Pelo W7, nada mudou nas notas. Me deu uma frustração... Mas ao usá-lo, notei que tudo ficou BEM mais rápido. Desde o Boot até programas pesados, tudo está voando. Portanto, desconsidere os comentários de quem não conhece Lenovo e Momentus XT. Estou muito satisfeito e recomendo a todos o Upgrade. Não acho que seja prático usar um SSD dentro e um HDD grande fora. O negócio, HOJE, é este HD tão bom e barato (US$125). No futuro próximo os SSD ficarão maiores e mais em conta, dominando o mercado. Fico com vc e o Momentus XT. Parabéns.

    ResponderExcluir
  17. Caro Macello obrigado pels elogios!!
    Sim o MOMENTUS XT é fantástico, exatamente como os testes que eu fiz e o seu testemunho comprovam. SIM houve algumas unidades que apresentaram problemas, penso que a SEAGATE já resolveu pois não ouvi mais nenhum comentário a respeito.

    ResponderExcluir
  18. Cara obrigado pelo tempo gasto a favor de todos, decidi finalmenmte por esse hd no meu philco 15006 após sua avaliação.

    ResponderExcluir
  19. Caro Anônimo penso que vai ficar satisfeito!! É bem ágil MESMO o Momentus XT!!!

    ResponderExcluir
  20. Caro Flávio,
    Dê um update no seu blog, com as suas impressões depois dos "10.000 km" rodados com ele.
    Afinal, tantos deram problema e você parece estar extremamente satisfeito.
    O tempo em que ele está instalado em sua máquina é um excelente benchmark.
    Parabéns pelo texto.
    Um abraço,

    ResponderExcluir
  21. Oi Luiz!! Eu devolvi o HD para a Seagate após te-lo usado por quase 90 dias. Neste período foi perfeito. Tenho um amigo que tem em seu notebook este mesmo HD há seis meses e está também sem problemas.
    Muito obrigado por suas palavras!!

    ResponderExcluir
  22. caro amigo Xando esse update se aplicaria num notebook itautec infoway note W 7650( processador intel pentin CPU T 3400 2.16 HZ , memoria Ram 2 GB , sistema de 32 Bites ,Hd 320 GB, nunca trquei nada !!! mas gostaria de mais velocidade e armazenamento....
    aceito sugestoes !!! caro amigo!!!!
    envie para meu email: caximbal@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro CAXIMBAL, como aqui é um espaço de discussão prefiro manter a conversa pública, assim todos que lerem podem aproveitar algo para si. Se este INFOWAY suportar HD do tipo SATA II (e não apenas os PATA mais antigos) este SSD pode ser instalado.

      Excluir