quarta-feira, 7 de outubro de 2015

Asus Zenfone 2 – desvendando a bateria, câmera e mais!

Este texto poder parecer chegar atrasado. Afinal o Zenfone foi oficialmente lançado em meados de agosto e muitos avaliadores o receberam já no final de julho. Mas como habitualmente eu faço, eu adotei o Zenfone 2 nestes quase 2 meses. Tornou-se meu único smartphone do dia a dia. Precisava ter oportunidades reais de usá-lo em todas as situações que desejava de forma “real” e não apenas testes ou simulações (forma que também vejo importância e serventia), mas o meu jeito de testar é este. Não sei fazer de outra forma.

Além disso eu elevei o patamar de cuidado do meu teste de bateria e câmera um degrau acima, mais trabalhoso, mais custoso em termos de tempo, mas mais preciso. Isso tudo pretendo apresentar a partir de agora.


Figura 01 – a família Zenfone e várias de suas opções

A ASUS tem apresentado evoluções na sua família de smartphones. O primeiro que eu testei foi o Zenfone 5 e contei essa história no texto “Desvendando a autonomia da bateria do Asus Zenfone 5”. Aliás este é o texto de maior repercussão de meu site em todo os tempos, com centenas de milhares visualizações. Isso mostra o grande interesse das pessoas pela “Geração Z” ou “Fenômeno Z” por sua racionalidade, ótimo conjunto de recursos e destacado custo benefício. A propósito semana passada foi lançado o ASUS Zenfone GO, a evolução do Zenfone 5, que também espero poder conhecer...              

Visão Geral

Muito já se falou do Zenfone 2 (que também apelido agora de Z2). Nobres e muito competentes colegas jornalistas e avaliadores dissecaram o Z2 por todos os lados. Por isso vou me concentrar nas caraterísticas principais e depois vou me deter mais no aspecto bateria e câmera fotográfica.

O Zenfone 2 foi o primeiro smartphone que chegou em minhas mãos com 4 GB de memória. Já usei smartphone com 512 Mb de memória. Era péssimo, lento e moroso. Mais recentemente 2 GB passou a ser mais comum e já é uma quantidade bastante satisfatória, traz bons resultados. Mas os 4 GB do Zenfone 2 permitem que os aplicativos se esparramem e usem a memória com generosidade e assim quase tudo fica pré-carregado na memória. Isso faz diminuir muito a necessidade de ler informações na memória flash (ou cartão micro SD). RESULTADO: problema ZERO de desempenho do Zenfone 2!! Ágil, responsivo, rápido!!  Nada mais precisa ser dito!! Muito bom!
   

Figura 02 – Zenfone 2, 5.5 polegadas e sua manipulação
 
O modelo que testei tinha 32 GB de memória interna. O Z2 é vendido também no modelo de 16 GB. Mas não há stress. Ao contrário dos iPhones e do bom Samsung S6 Edge (que testei recentemente), o Z2 tem slot para cartão de memória MicroSD de até 64 GB (embora tenha lido relatos em alguns fóruns que mesmo cartões de 128 GB funcionam).

Mas a boa receita não é apenas memória . O Zenfone 5 já usava um modelo de Intel Atom Z2520 (dois núcleos e 1.2 Ghz). Assim o Z2 que endereça um consumidor mais exigente foi aperfeiçoado usando modelo mais avançado de processador rodando até 2.33 Ghz. Trata-se do Intel Atom Z3580 de 4 núcleos que é valente e mais do que dá conta do recado. Sobra capacidade. Simples assim!

Desvendando a autonomia da bateria do Zenfone 2

É o aspecto que venho investindo maior recursos em meus testes. Por um simples motivo, é a pergunta mais recorrente quando surge um smartphone novo. E faz tempo que eu já aprendi que a resposta para essa pergunta é complexa e tem múltiplas respostas. Claro!! Não existem duas pessoas que usem seu smartphone da mesma forma. Assim a duração da bateria tem praticamente uma reposta para cada pessoa e precisa ser explicado o contexto do teste. É importante ressaltar que todos os resultados que serão apresentados dizem respeito ao MEU modelo de uso.

Com o passar do tempo venho procurando aprimorar minha forma de responder a esta pergunta. A cada novo teste de smartphone percebo novas variáveis para serem observadas. Eu mapeei o comportamento da bateria do Zenfone 2 por exatos 31 dias. Procurei identificar padrões além do óbvio que explicassem as variações que observei. Vamos direto ao primeiro gráfico.
  

Figura 03 – Duração da bateria do Zenfone 2 dia a dia 
 
Observa-se facilmente que existe variação sensível da autonomia, entre 6 horas no pior caso até 20 horas no melhor caso. Na média a bateria durou 12 horas e 48 minutos, que é um valor bastante respeitável para quem usa de forma média-intensa o aparelho como eu. Penso que estes 31 dias foram um prazo válido para obter um valor confiável. Procurava usar o aparelho até muito próximo de esgotar a carga, ou pelo menos até restar apenas menos de 10%.

Ao longo do teste eu mapeei de forma aproximada algumas variáveis (tempo de uso de whatsapp, Facebook, Twitter, etc.) e de forma precisa o tempo usando e-mails, câmera, Waze, outros aplicativos de GPS e por fim algo muito revelador, o tempo de TELA.  
 


Figura 03 – parte do “diário de bordo”  usado para mapear o uso da da bateria do Zenfone 2 no dia a dia

Tela é TUDO, ou quase tudo. E é óbvio, quanto mais tempo a tela permaneceu ligada, significa que mais usado foi o dispositivo, para o que quer que seja. É um indicativo muito bom (embora não o único) do perfil de uso da pessoa. Mas há outras coisas importantes. Veja a tela abaixo.
 

Figura 04 – um dia típico no uso do Zenfone 2 em forma gráfica
 
Esta tela, parecida com outras 60 que capturei ao longo do teste mostra muita coisa. De cara vemos que o Waze, fora o próprio Android, foi o aplicativo que mais gastou energia (nenhuma novidade).  Mas o que me chama a atenção são as inúmeras alterações de perfil do gráfico, ora mais inclinado, ora mais plano, ora quase constante... É isso, totalmente dependente da quantidade de tempo que se aplica em diferentes tarefas, temos o reflexo no consumo da energia. Por isso que acho muito arriscado por parte dos fabricantes serem tão explícitos quando falam “no meu aparelho a bateria dura 15 horas”, ou coisa parecida.

O Android, principalmente a partir das últimas versões é muito generoso em fornecer dados muito úteis sobre o uso da bateria e aplicativos. Vejam as duas telas abaixo.


Figura 05 – detalhes do uso de Tela e Facebook no Zenfone 2 
  

Figura 06 – detalhes do uso de Waze e E-mail no Zenfone 2

Estou andando na direção de correlacionar matematicamente estes tempos gastos nos aplicativos principais (mais o uso de tela), dia a dia, com a duração da bateria observada naquele dia. O desafio é encontrar uma equação com todas estas variáveis. A matemática envolvida nisso é complexa (regressão linear múltipla) e me foge da lembrança os detalhes dessas técnicas. Mas um dia eu chego lá. A despeito disso, não é objetivo deste (longo) texto aborrecer o leitor com equações matemáticas e sim mostrar conclusões.

Mas antes das considerações finais sobre a autonomia da bateria, vale um comentário extra. Venho usando o Waze como “aplicativo vilão”, aquele que consome mais recursos. Nos testes anteriores eu media o tempo usado para percorrer um trajeto, o percentual de bateria gasto e assim deduzia quanto gastava o Waze naquele smartphone. Mas descobri que o mundo não é assim tão simples. Veja o gráfico abaixo, da autonomia projetada usando APENAS Waze no Zenfone 2.
   

Figura 07 – previsão de autonomia do Zenfone 2 usando apenas o Waze

Em média o Waze exaure a bateria do Zenfone 2 em 4 horas e 4 minutos. Este mesmo teste feito no Zenfone 5 apresentou o resultado de 2 horas e 36 minutos. Sensível ganho em relação ao Z5. Quero também checar o Zenfone Go que tem avanços nessa área... Mas também aqui há uma gama de variação que sinceramente eu não esperava. Como nosso mundo é difícil. Foram muitos dias testando e percebi que a temperatura ambiente, presença de sol ou não, velocidade média (se parou muito no trânsito ou se desenvolveu velocidade por mais tempo), nível de luminosidade ambiente (que reflete no brilho automático do aparelho), tudo isso afeta a autonomia esperada no modo “Waze” do Zenfone 2 e por conseguinte, dos outros aparelhos.

Por fim, o último cenário que eu testo é o de “standby”, ou seja, smartphone “quietinho”, sem usá-lo para nada, mas recebendo mensagens, notificações, etc. com a tela apagada. Tive que ser bem conservador neste teste. O Zenfone 2 tem diferentes modos de proporcionar economia de energia quando em standby (tela desligada), por meio das opções “economizadoras”. Segundo a Asus, em modo desempenho dura 75 horas, modo normal 100 horas, modo economia 200 horas e economia super, 230 horas. Não fiz todos estes testes, pois significaria eu deixar a aparelho “na gaveta” sem uso por 20 dias no mínimo. Mas testei o modo “normal”, que resultou em um tempo de standby muito próximo do divulgado, ou seja, 96 horas.
    

Figura 08 – Autonomia da bateria nas diferentes situações
   
Portanto, baseado em todo estudo e tabela acima respondo categoricamente que a duração da bateria do Zenfone 2 é... depende. Não há outra resposta. Mas a tabela acima dá pistas importantes. Se usar o tempo todo o Waze, o maior triturador de bateria que existe, pouco mais de 4 horas. Em standby, modo normal, 96 horas (4 dias), e em regime de uso mediano, padrão Flavio Xandó de uso, que não é exatamente o seu, um pouco menos de 13 horas.  Penso que cada um pode depreender de forma aproximada quanto pode ser seu caso. Esse é meu objetivo, das parâmetros para cada um possa ter uma estimativa mais precisa.

Câmera – foto e vídeo

Quando comecei a testar a câmera do Asus Zenfone 2 eu estava “mal influenciado” por meu último teste, que fora muito bem-sucedido. Também usei o Samsung S6 Edge por 40 dias incluindo férias em locais que renderam fotos maravilhosas. A “régua” de comparação era rigorosa, quase cruel neste caso. Afinal o S6 Edge é um aparelho que custa entre 120% e 180% a mais que o Zenfone 2 (depende do modelo).

A câmera traseira do Z2 tem resolução máxima de 13 MP, mas em formato 4:3. No formato mais usado hoje em dia que é 16:9 a resolução máxima é de 10 MP, aliás mais do que suficiente. A câmera frontal tem duas opções, 5 MP em 4:3 e 4 MP em formato 16:9. Em modo vídeo, o resultado é excelente tanto para vídeos HD (1280x720) como FullHD (1980x1080). Seu flash tem dois leds, com a “temperatura da cor” diferente para tornar mais natural quanto possível as cores dos objetos e pessoas iluminadas.

Figura 09 – destaque da câmera e flash dual led do Zenfone 2

Nestes últimos 45 dias com o Zenfone 2 eu produzi 1060 fotos em diversas condições. Algumas feitas em ambientes de trabalho, algumas durante minhas corridas e outras em duas viagens que fiz. A primeira foi para interior de São onde fiz um passeio de balão ao amanhecer e segunda viagem foram 8 dias na China. Ótimas oportunidades para fotos.

Tenho vontade de reproduzir aqui neste texto umas 50 fotos no mínimo, pois o resultado foi MUITO BOM. Acima de minhas expectativas. Vou resumir mostrando apenas algumas poucas fotos tiradas de formas diferentes. Isso deve ilustrar as capacidades. Tirei TODAS as fotos (menos selfies) em 10 MP (4096x2304).

Fotos externas e com forte iluminação : apresentou cores muito vívidas, precisas e com um nível de contraste e definição impressionantes.  São em teoria as fotos mais fáceis de se tirar e obter bons resultados. Embora quando há luz contra como na foto a seguir alguns cuidados devem ser tomados. 
   

Figura 10 – foto na luz do dia contra a luz (clique para ampliar 1280x720)
    
No modo automático o Zenfone 2 decide por ele mesmo qual o nível de luz da foto baseado na cena toda. Mas a pessoa pode tocar na tela e escolher o “ponto de luz”. Na foto acima, como era contra o sol (atrás do balão), ao alvorecer, foto ficaria muito escura, mas eu toquei no balão para que ele fosse o elemento que “comanda” a luz da foto. Estourou um pouco o fundo. Obviamente, havia um sol nascendo ali e foi minha opção ter a foto desse jeito. E adorei o resultado.
   

Figura 11 – foto na luz do dia (clique para ampliar 1280x720)


Figura 012 – foto na luz do dia (clique para ampliar 1280x720)

As duas últimas fotos acima são “fáceis”, luz homogênea, bem distribuída e assim obtive excelente gama de cores, bonitas e com ótimo contraste e definição. Podem ser clicadas para ampliar.

Fotos internas com média iluminação e sem flash : são fotos que exigem da câmera. Precisa ter um bom sensor para obter bons resultados. A foto abaixo de meu amigo Luan, personificando o Panda, a quem peço licença para usar a foto, foi tirada por mim dentro de uma loja. Escolhi o ponto de luz sendo ele (e não a porta com mais luz) e a foto saiu perfeita.
    

Figura 13 – foto interna e sem flash (clique para ampliar 1280x720)
     

Figura 14 – foto interna sem flash (clique para ampliar 1280x720)
   
A foto acima, interna e sem flash também foi fácil. Com luz homogênea, nem precisei me preocupar em escolher o “ponto da luz”. Apresenta nitidez e riqueza de cores.

Foto interna com flash do próprio Zenfone 2: foto com flash é sempre algo delicado, pois a luz nunca fica natural o suficiente, tende a artificializar um pouco as cores. E tem também o problema da distância, mais longe, menos luz e podem aparecer “ruídos” na foto. A foto abaixo é um caso típico. Boa definição, bom registro, mas com zoom se percebe ruído nos pontos mais distantes e escuros. Essa é uma foto que o Zenflash teria ajudado MUITO. Falo mais detalhes sobre o Zenflash no final do texto, um super acessório para o Z2. Este ruído nos pontos mais escuros não é demérito do Zenfone 2. Qualquer smartphone com flash de led de baixa potência terá resultado semelhante.
   

Figura 15 – foto interna com flash (clique para ampliar 1280x720)
    
Feotos de paisagens noturnas sem flash: estas são as fotos que mais gosto de produzir. São difíceis e uma prova de fogo para qualquer câmera, que direi de um smartphone. É muito improvável que a foto saia ótima sem uma “ajuda humana”. Indicar o “ponto de luz” é básico, mas mesmo assim nem sempre dá o resultado esperado. Veja com atenção as duas próximas fotos.
    

Figura 16 – foto de paisagem noturna em Shanghai em modo automático (clique para ampliar 800x600)
   
Achei extraordinário o que fez o Zenfone 2 nesta foto. É uma paisagem noturna, com alguns pontos de luz bem definidos. Foi tirada no “automático”. Há um certo excesso de luz na torre da esquerda, mas mesmo assim o resultado ficou muito interessante. Veja agora a próxima foto.
    

Figura 17 – foto de paisagem noturna em Shanghai em modo manual (clique para ampliar 1280x720)
   
Nesta foto eu usei o modo MANUAL do Zenfone 2 que me permitiu escolher o tempo de exposição e abertura, ISO, etc., que resulta no grau de luminosidade. Há um equilíbrio maior que a foto anterior, que já estava boa. Mas essa eu adorei, achei que ficou excelente!! Dá até para ver os barcos com luz de neon no rio.

Auto foto – selfie : dizem que o brasileiro é um apaixonado por tirar fotos de si mesmo e por isso o recurso de selfie é importante. A câmera frontal do Zenfone 2 tem resolução de 5 MP (4:3) ou 4 MP (16:9). E conta com o ótimo recurso do “embelezamento”, afinal, quem não quer sair muito bem na foto? O “cosmético” da foto é um tratamento das superfícies que têm cor de pele de forma a suavizar as cores. Tirei selfies dos dois jeitos, veja nas duas fotos abaixo.
    

Figura 18 – selfie em dia ensolarado sem “embelezamento (clique para ampliar 800x600)
   
Nesta foto se vê o ótimo registro de cores da câmera frontal (tirada em 4 MP e cortada). Mas a barba por fazer e as diferenças tonais da pele ficaram evidentes. Será que o Zenfone 2 consegue a proeza de melhorar a minha figura?? Veja na foto abaixo.
    

Figura 19 – selfie eirado ao amanhecer com “embelezamento (clique para ampliar 800x600)
   
Na foto acima estava ativo o “embelezamento”, mas em não em grau máximo. Além de suavizar o tom da pele, alguns outros tratamentos podem ser feitos. Mas deu para perceber que esta foto ficou melhor que a primeira a despeito de uma luz menor (amanhecer).

Quem privilegia o selfie ou quem quer ter fotos ainda melhores feitas dessa forma, a ASUS tem um produto “irmão” do Zenfone 2 chamado Zenfone Selfie que além de ter resolução máxima de 13 MP nas câmeras traseira e FRONTAL, também tem flash dual led para ambas as câmeras. Tem também um sistema de foco baseado em laser que é capaz de disparar a foto apenas 0.2 segundos (tempo gasto para o foco automático se ajustar). Fica a dica!

HDR – High Dynamic Range: trata-se de recurso para resolver uma situação que nossos olhos são capazes de lidar, mas as lentes das câmeras têm dificuldades. Sabe aquela situação na qual o fundo está claro e o primeiro plano escuro? Depois se você ajusta a luz para o primeiro plano o fundo fica com a iluminação toda estourada. Pois é... veja a combinação de fotos abaixo. 
   

Figura 20 – cenas com diferentes exposições de luz (clique para ampliar)
   
A parte de cima dessa foto tem contém uma cena no parque do Ibirapuera cujo céu está muito bem representado, o azul é bem visível, etc. Foi tirada apontando o céu como o ponto de luz. Mas sob as árvores parece uma escuridão, mal se vê as pessoas. A segunda cena dessa foto mostra a criança e o senhor bem iluminados (objetos do ponto de luz), mas o céu com brilho estourado, nem dá para ver a cor azul.  Já a foto abaixo mostra a mesma cena usando o recurso HDR do Zenfone 2. Você nota a diferença?


Figura 21 – mesma cena acima eusando o HDR  (clique para ampliar 1280x720)

Eu citei que minha base de comparação da câmera foi o S6 Edge da Samsung.  Não gosto muito de citar outros dispositivos uma vez que o texto é sobre o Zenfone 2. Mas sendo muito preciso, a câmera do Zenfone 2, que é muito melhor que seu irmão menor, o Zenfone 5, no recurso HDR, aos meus olhos, foi melhor, mas muito melhor que seu concorrente mais caro, o S6 Edge.  Veja a foto abaixo.
  

Figura 22 – cena em Shanghai com uso do HDR  (clique para ampliar 1280x720)
   
Nessa cena era impossível focar no arranha-céus sem que ficasse escura a parte frontal da foto, essa linda construção. Ou se focasse na frente o fundo estourava e mal se via o azul do céu e o prédio. Adorei este resultado.

Visão geral da câmera : o Zenfone 2 representa uma grande evolução em relação ao Zenfone 5. A câmera não vai deixar ninguém decepcionado, muito pelo contrário. O HDR é melhor que do S6 Edge, que aliás só é um pouco melhor que o Zenfone 2 nas fotos noturnas, nas quais o modo automático do Samsung faz um trabalho um pouco mais elaborado. Mas como mostrei, no meu caso, em fotos noturnas eu gosto de eu mesmo fazer os ajustes manuais e dessa forma as fotos feitas no Z2 também ficaram fantásticas.

Acessórios

A ASUS fez a lição de casa completa. Prover o mercado com acessórios é fundamental para que a aceitação do produto seja ampliada, pois agrega valor na solução do fabricante. Claro que os acessórios devem ter qualidade real e estarem no mesmo nível de qualidade do produto original.

ASUS ZenPower – se você usa um daqueles power banks para suprir carga adicional em situações de emergência, vai adorar o ZenPower. São 10500 mAh de capacidade de carga. Em termos nominais isso é o suficiente para dar 3 cargas no Zenfone 2 (3000 mAh)! Na prática sempre há uma pequena perda de energia no processo de transferência, mas egaranto que duas cargas completas ele consegue dar e ainda sobra bastante para emprestar para algum amigo. Viajei recentemente para a China para um congresso e era sempre eu que provia energia para os desprevenidos amigos emprestando-lhes meu Asus ZenPower um após o outro. Fiquei nessa viagem conhecido como o fornecedor oficial de energia!! Diariamente duas ou mais pessoas ampliavam sua carga por meio do meu ZenPower. Ele é pequeno, cabe no bolso, é denso, do tipo “pesadinho”, mas vale cada grama de seu peso. É do tipo “não dá para não ter”.
   

Figura 23 – Asus ZenPower 10500 mAh
 
ASUS Lolliflash

Ideias boas são ideias simples. O Lolliflash é uma luz auxiliar que pode ser usada para fotos e vídeos complementando o flash do próprio Zenfone 2. Parece um “pirulito”, por isso o seu nome. Ele é previamente energizado via cabo USB e após totalmente carregado ele pode ser usado por até 3 horas (ou 30 minutos com intensidade máxima). Em meus testes eu o usei até 1h45min e ainda havia carga sobrando. Ele tem 2 leds, cada um com um tipo de luz (5000K e 2700K) que ajudam a obter fotos principalmente com os tons de cor da pele mais naturais e não esbranquiçados como normalmente um flash faz parecer. Ele ainda tem 3 níveis de intensidade da luz, a escolha de seu usuário e seu faixo se estende por aproximadamente 70 graus, pesa 8 gramas e deve ser usado em distâncias curtas.

Eu gosto de tirar fotos eventualmente com fundo mais brilhante e o Lolliflash ajuda a manter as pessoas sendo fotografadas em primeiro plano sob luz com aparência mais natural.  E sabe do que mais gostei? Da inventividade! O Lolliflash é encaixado no conector do fone de ouvido!! Uma ideia simples e muito funcional!!


Figura 24 – Asus Lolliflash

ASUS Zenflash

O Lolliflash é um reforço de iluminação muito bem-vindo, mas assim como o flash led nativo da imensa maioria de smartphones, só tem eficácia apenas em distâncias muito curtas. O Zenflash já é algo mais consistente, principalmente para distâncias que vão até 2.5 a 3 metros e tem poder luminoso até 100 vezes maior que um flash de smartphone.

Eu confesso que meu primeiro teste com o Zenflash foi uma imensa decepção. Ele não disparava. Mas descobri que precisava atualizar o aplicativo do Zenflash no Zenfone 2 para que ele passasse a funcionar com perfeição. Aliás as fotos devem ser feitas apenas com este aplicativo senão a “luz extra poderosa” não é acionada.  Ele é ligado na USB do aparelho de onde ele tira a energia e sincroniza o disparo. São outras as fotos tiradas com o Zenflash, mais luz, mais definição e nitidez.


Figura 25 – Asus Zeiflash

Fone de ouvido ASUS

Não é correto designar o fone de ouvido como “acessório” uma vez que ele vem junto com o smartphone, faz parte do pacote. Mas eu quis dar destaque para ele neste texto por um motivo muito simples. O fone é muito bom!! Chega a ser surpreendente acompanhar um produto um fone com qualidade de som tão agradável! Ele é simples, não tem enfeites nem cromados desnecessário, etc., mas tem um ótimo encaixe no ouvido e vale o destaque. Ressalto que eu sou uma pessoa exigente com fontes de ouvido, já tive uns 5 ou 6 escolhidos à dedo no mercado e o fone que acompanha o Zenfone 2 está neste alto nível. E tem também microfone, pode ser usado como headset.


Figura 26 – o ótimo fone de ouvido que acompanha o Zenfone 2

Zenfone Charger: analogamente ao fone de ouvido, o carregador de bateria do Zenfone 2 obviamente também vem com o produto. Mas merece destaque por sua eficiência. A Asus divulga que 60% de sua carga é alimentada em 39 minutos. Em minhas aferições cheguei a números equivalentes. Consegui preencher 65% de sua carga em 45 minutos, com o carregador nativo do Zenfone 2. Usando um carregador “genérico”, nos mesmos 45 minutos eu consegui preencher apenas 25% da carga. Grosso modo 45 minutos com o carregador da Asus incrementa praticamente 2/3 da capacidade, cerca de 9 horas de autonomia segundo o meu padrão de uso. 
    

Figura 27 – tempos de carga da bateria

Membro novo na família – o Zenfone GO

A família Zenfone vem crescendo e sua mais nova inclusão é o Zenfone GO, lançado no dia 1º de outubro em São Paulo. Trata-se do sucessor do bom Zenfone 5, mas com evoluções nas especificações, características, sendo a maior novidade o dobro da duração de bateria (segundo o fabricante) e é solução de 5 polegadas com posicionamento entrada-intermediário (preço de R$ 799).


Conclusão

Eu juro para vocês que este era para ser um texto curto... Não consegui. E se não consegui foi porque me empolguei e quis falar muita coisa, pois há muito o que falar. Não houvesse todas estas qualidades e neste grau, eu me calaria (ou seria breve). E sei que deixei muita coisa ainda por falar.

Eu tinha testado e escrito sobre o Zenfone 6 no texto “Asus Zenfone 6, mais que um Zenfone 5 vitaminado”. Quando ouvi falar do Zenfone 2 pensei comigo mesmo que de forma análoga o Zenfone 2, apesar de 5.5 polegadas, fosse o Zenfone 6 anabolizado de alguma forma. Mas não é nada disso. É outro projeto, outra proposta, outro patamar especificações, de qualidade, acabamento (o preto se assemelha a um alumínio escovado). Mas não são apenas “specs”, pois de fato as novas características se refletem em uma experiência de uso muito boa.

O GPS do Zenfone 2 é melhor que Zenfone 5 e 6. Mais preciso e principalmente responde mais rápido. Outra melhoria sensível no Zenfone 2 é o WiFi que além de suportar redes de 5 Ghz, também se conecta a redes no do tipo AC, o padrão mais atual e rápido do mercado. Destaco também os 4 GB de memória e processador quad-core de 2.33 Ghz que tiram totalmente o fator “performance” das preocupações! Por isso a ASUS o qualifica de “monster performance”.

O único porém do aparelho é que em determinadas situações de luz, principalmente ao ar livre, a tela nem sempre tem o brilho tão intenso quanto seria ideal para ótima visualização nesta situação. Mas é uma condição excepcional na qual me vi uma ou duas vezes em 45 dias (se muito). Mas seu tamanho, legibilidade e definição da tela e imagens é de grande destaque.

Fiquei bem impressionado com a duração da bateria, quase 13 horas em MEU regime de uso misto, real, com e-mail, Waze, Whatsapp, câmera, Facebook, Twitter, etc. Mais detalhes sobre isso no corpo deste texto.

A câmera me surpreendeu sobremaneira uma vez que acabara de testar um aparelho cuja câmera era muito boa e por isso meu padrão de qualidade fora elevado. Não só a câmera se igualou ao seu concorrente em vários pontos, como o superou em alguns aspectos (HDR) e apenas em algumas situações pontuais ficou atrás, e mesmo assim por pouco. Convém lembrar que o tal concorrente que cruelmente eu usei como base de comparação custa entre 120% e 180% mais caro... E o concorrente não tem slot para cartão de memória MicroSD que deixa o consumidor a mercê dos preços altos cobrados por mais Gigabytes pré-instalados.

Testado, aprovado e até que surja algo melhor, com preço justo, afinal também o custo benefício do Zenfone 2 é grande destaque, sigo usando Zenfone 2. E muito feliz! A saber há modelos com 16 GB e 32 GB no mercado e que podem ser encontrados entre R$ 1350 e R$ 1500. Mas achei lojas virtuais vendendo à vista por R$ 1215 e R$1350 respectivamente. Se você não conhece o Zenfone 2, vale a pena experimentar.

48 comentários:

  1. Mais um belíssimo e detalhado review, muito específico e minusioso, parabéns pelo ótimo trabalho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado Raoni pelo apoio e força ao meu trabalho!!

      Excluir
  2. muito bom...pena que faltam bons meios para divulgar essa informacao de tao alta qualidade. apenas um comentou, um absurdo!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro Gui, eu te agradeço muito pelas palavras e apoio ao meu trabalho!! Um teste desses dá um trabalho danado! Toma um super tempo, que eu faço com paixão. E de fato se houve maior retorno seria muito gratificante!! Abraços

      Excluir
  3. De todas analises, essa foi a melhor e mais agradável. Parabens pelo trabalho.

    ResponderExcluir
  4. Alessandro Rodrigues3 de novembro de 2015 00:39

    Achei excelente o review do celular. Li em outros sites e ainda não tinha 100% de certeza de comprar o celular Zenfone 2.

    Mais agora, vou esperar apenas meu cash sair para comprar ele com toda a certeza possível.

    Muito obrigado Flávio.

    ResponderExcluir
  5. Ótimo review. Foi muito preciso nas informações e tirou muitas dúvidas. Obrigado pelo trabalho

    ResponderExcluir
  6. Já comprei o zen, mas vim dar uma olhada na sua análise sóbria e bem feita, parabéns!

    ResponderExcluir
  7. Já comprei o zen, mas vim dar uma olhada na sua análise sóbria e bem feita, parabéns!

    ResponderExcluir
  8. Tenho ASUS Zenfone 2 e ele travou. Como faço para tirar a bateria?

    ResponderExcluir
  9. Acabei de comprar o meu Z2 e estava pesquisando sobre o uso da bateria, pois achei bem estranho o modo de consumo, as vezes consume muito e ora nada !!! Parabéns pela matéria !!! Como é bom ler algo de uma pessoa que ama o que faz. !!!

    ResponderExcluir
  10. Sou fã assumido da Asus pelos seus excelentes notebooks e afins, desde quando foi anunciado o Zenfone 2 eu o almejava. E há poucos dias ganhei o meu de presente, estou realizado por ter algo que queria tanto. Já sabia das qualidades e "deficiências" do aparelho, acompanhei praticamente todas as análises e reviews, mas esse foi o melhor de todos, fiquei preso a cada palavra onde percebi que havia sinceridade no que foi relatado.Gostei que a matéria ficou grande, pois realmente há muito o que falar do Zenfone 2, fico chateado quando esses smartphones mais conhecidos têm inúmeras páginas e vídeos falando ao seu respeito enquanto outros menos conhecidos(até porque muitos usuários apenas compram smartphones por status, Galaxy, Iphone, e acabam não realmente pesquisando sobre eles e suas funções e diferenças).
    Parabéns pelo excelente review!

    ResponderExcluir
  11. Muito bom seu review! Seus testes de bateria me ajudaram bastante. Estava até pensando em pegar um Moto X Play só por causa da bateria, mas agora eu vi que o Zenfone 2 tem uma duração suficiente para o meu estilo de uso. Valeu mesmo!

    ResponderExcluir
  12. Sensacional o artigo. Foi um dos melhores que li sobre o aparelho. Comprei o meu é o estou usando há duas semanas. Concordo com boa parte do que vc disse. Tive um problema com perda de qualidade de 3G da Nextel. Vc sabe dizer se isso é comum dele ou o problema pode ser no meu aparelho específico ou no chip da minha operadora? Obrigado!

    ResponderExcluir
  13. Sensacional o artigo. Foi um dos melhores que li sobre o aparelho. Comprei o meu é o estou usando há duas semanas. Concordo com boa parte do que vc disse. Tive um problema com perda de qualidade de 3G da Nextel. Vc sabe dizer se isso é comum dele ou o problema pode ser no meu aparelho específico ou no chip da minha operadora? Obrigado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Herbert

      Também uso Nextel em um S4. A rede é instável por motivo de uso de redes dos outros. Ou seja: sempre em roaming mesmo na sua cidade. Não tem relação com o aparelho.

      Excluir
  14. Muito obrigado Flávio. Estava indeciso mas me decidi a comprar!
    A sua análise detalhada e belissimamente estruturada bate de longe tudo o que eu li nos sites "altamente" especializados. Você juntou um gênio da escrita com um gênio da tecnologia! Um grande abraço de Lisboa.

    ResponderExcluir
  15. Ótimo artigo, informou tudo que eu gostaria de saber sobre o Z2 antes de compra-lo, com certeza o melhor que encontrei.

    Parabéns pelo ótimo trabalho.

    ResponderExcluir
  16. Parabéns pelo post, trabalho muito bem feito e se nota que com muito cuidado e empenho! É realmente muito difícil achar reviews assim.


    Abraços,

    ResponderExcluir
  17. Eu tenho um Zenfone 2 2.3 há um mês e meio. Sem queda, pressão ou mau uso (sou extremamente cuidadoso) a tampa traseira está trincada em quatro lugares e aumentando a cada dia. Em contato com o suporte da ASUS e enviando fotos, disseram ser "dano causado" e não vão cobrir. Por telefone, o atendente disse que não há registro desse problema em outros celulares e é estranho a tampa traseira do meu celular ter rachado sozinha. Enfim, má qualidade e descaso com o cliente é o que eu vi. ASUS nunca mais compro "produto" algum.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou com o mesmo problema, a tampa trincou!

      Excluir
  18. Belo tópico, so queria saber sobre o carregador turbo dele, quantos minutos demora pra carregar de 0 a 100

    ResponderExcluir
  19. Herbert

    Foi a análise mais honesta e bem fundamentada que li. Acabei de comprar esse celular e estou esperando para recebê-lo.

    Parabéns pelo seu trabalho e obrigado pela generosidade em compartilhar conhecimento.

    ResponderExcluir
  20. Onde você comprou seu Zenfone 2 e quanto foi?

    ResponderExcluir
  21. Eu estava analisando esse aparelho a dias, li várias matérias sobre ele, e nenhuma foi tão esclarecedora como a sua, muito obrigado, agora estou convencido que o aparelho é bom e vou adquirir um z2, ótimo custo benefício

    ResponderExcluir
  22. Eu estava analisando esse aparelho a dias, li várias matérias sobre ele, e nenhuma foi tão esclarecedora como a sua, muito obrigado, agora estou convencido que o aparelho é bom e vou adquirir um z2, ótimo custo benefício

    ResponderExcluir
  23. Esse deve ser o melhor review da Internet sem dúvida, principalmente na parte de Bateria que é o mais importante para mim em um dispositivo Móvel.

    ResponderExcluir
  24. Estou pensando em adquirir um Z2, aposentar meu Gran Prime... no entanto, o que ainda me deixa muito pensativo é o preço. Li diversas matérias e opiniões, umas vangloriando-o, outras esculachando-o. Com certeza a sua foi a mais prática, mas, se for pra adquirir um Asus, pretendo o Z2 Deluxe, com certeza.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma dica, melhor preço encontrado, loja asus oficial, toda semana uma oferta diferente, vale a pena conferir

      Excluir
    2. Uma dica, melhor preço encontrado, loja asus oficial, toda semana uma oferta diferente, vale a pena conferir

      Excluir
  25. Adquiri um Z2 esta semana, mas ainda não chegou. Foi no próprio site da asus e apliquei um cupom com 10% de desconto e o preço dele ficou ainda melhor, não tem melhor custo benefício na atualidade.
    Parabéns ao autor pelo texto, bem detalhado e explicativo, fora que odeio reviews de pessoas que ficam lendo as especificações do aparelho e só.
    Estou estudando e conhecendo bem o aparelho que estarei nas mãos daqui uns dias. E este texto foi realmente um dos melhores.

    ResponderExcluir
  26. Excelente análise. Muito profissional. Parabéns, Flavio!

    ResponderExcluir
  27. Parabéns Flávio excelente review com um gráfico fantástico!!! vi vários review sobre o tema mas o seu trabalhou sobrou em conteúdo!!! Gostaria de saber se alem do blog vc tem algum outro canal de informação?

    ResponderExcluir
  28. Houve algum problema com sua camera frontal? Sabe como resolver se ela para de funcionar?

    ResponderExcluir
  29. Houve algum problema com sua camera frontal? Sabe como resolver se ela para de funcionar?

    ResponderExcluir
  30. Tenho um note da ASUS e estou bem satisfeitocom o produto, porem o site da asus de compra e atendimento via telefone sao pessimos comprei dois celulares e prazo de entrega estourado, nao recebo informações do rastreio do produto, enfim esse comentario sobre o telefone espero superar minha frustração com o atendimento.
    Parabens

    ResponderExcluir
  31. O melhor, dentre os muitos reviews que eu li sobre este modelo. Parabéns pelo excelente trabalho!

    ResponderExcluir
  32. EXCELENTE REVIEW, PARABÉNS. Tô querendo comprar um novo celular e, depois da sua análise, o Zenfone 2 entrou na minha lista. Se eu comprar ele, a ASUS deve uma porcentagem a você!

    ResponderExcluir
  33. Ja vi varios review, ja li varios post.. mas o seu , é animal.. perfeito, vc me fez comprar um zenfone 2.. obrigado!!!

    ResponderExcluir
  34. Olá Flávio depois de ler esta review acabei por comprar o zenfone 2 deluxe especial edition.... Obrigado pela descrição ao pormenor do z2 espero não me arrepender já que nunca foi fã da Asus em telemóvel mas sempre gostei da tablete e computadores... Agora é só esperar pelo que chegue a minha nova aquisição o deluxe com processador 2.5 e com 256 g de memória..... Obrigado abraço de Portugal

    ResponderExcluir
  35. Comprei o Z2 laser após 6 meses com o Gram "decepção" prime. Tinha olhado o Z5 - até o iPhone 6S mesmo estando uma facada - mas na loja só tinha o Z2 laser, foram 6 meses de tortura, tinha que ser o disponível.

    Por mais que os avisos constantes do CM e do Cleam Master sejam chatos não tenho problema com celular travado. Eu uso meu celular de 6 da manhã às 21 da noite tranquilo. Já viajei por 3 dias sem carregador, usando o modos de economia - que são milhares - usando pouco-médio cheguei em casa com 40%. Comprei em abril, era o lolipop (5.0 acho que é o nome dele) e agora em agosto está no kitkat,a penúltima paralisou minha câmera e a última mexeu com os apps Facebook, Whatsapp, jogos (olha que só jogo o candy crush). Assim que comprei o cel tudo rodava maravilhosamente. Ele tem a opção "desenvolvedor" um amigo ativou e eu não entendo bulhufas daquilo. Paguei a bagatela de R$1.400,00. No Gram "decepção" paguei R$800,00. Apesar da facada, pq na net se encontra bem bem bem mais em conta, preferi não correr o risco de desvio de pacote e tudo mais. Finalizando: apesar dos contras, ele vale muito a pena, eu que sou uma rata de livros, a tela é muito boa (concordo que dependendo da luz, o brilho dele não é suficiente). É o melhor cel que tive nos últimos anos.

    ResponderExcluir
  36. Ahh esqueci de comentar! Só uma coisa sinto falta do Gram "decepção", a tela não arranhava de jeito nenhum ao contrário do Z2 laser.E capa e película somente pela net.

    ResponderExcluir
  37. acabei de comprar o zenfone 2 de 32GB sem ver uma visão detalhada do produto, mas pelos relatos do autor nao vou me arrepender da aquisição.

    ResponderExcluir
  38. Parabéns pela matéria. Ótima análise do aparelho.

    ResponderExcluir
  39. Excelente Post, estava na dúvida em qual smartphone adquirir por um preço acessível, me impressionou as qualidades do Zenfone 2 laser 16GB, por 916,90, obrigado!

    ResponderExcluir
  40. Excelente Post, estava na dúvida em qual smartphone adquirir por um preço acessível, me impressionou as qualidades do Zenfone 2 laser 16GB, por 916,90, obrigado!

    ResponderExcluir
  41. POderia fazer um post de rewier do Zenfone 2 laser 6? e se ele tem flash frontal? e qual a autonomia da bateria?

    ResponderExcluir